Namorar? sim… casamento? não

“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”.

Lendo um lindo texto da Mariella no site da  http://cancaonova.com, surgiu aquela vontade de escrever um pouco da vida após os preparativos, cerimônia, bolo, festa,  lua de mel entre outras atividades que são exercidas por um casal que pretende se casar.

Realmente casamento é um dos acontecimentos mais esperados entre a maioria das mulheres. Os preparativos para este momento é algo que não tem como descrever, pois cada detalhe é feito com muito amor e dedicação. Falo isso porque sinto falta da semana do meu casamento. Apesar de toda ansiedade e nervosismo eu me sentia renovada ao olhar, a fotografia do buquê, as lembrancinhas, os convitinhos, a lista de presentes, o apartamento todo decoradinho, pronto para o início de uma nova vida junto com meu futuro marido.

São sensações magníficas que vem à tona toda vez que ouço falar em casamento. Meu coração dispara de felicidade, uma felicidade jamais imaginada.

E falar de casamento sem mencionar DEUS é impossível.  A Ele devo toda a minha vida e meu amor, pois sei que foram muitas as barreiras que enfrentamos para hoje estarmos juntos. Deus simplesmente providenciou tudo, coisas que eu jamais pensei  ter no meu casamento eu tive, sentimentos que eu jamais imaginei sentir, hoje eu sinto. Não por meu esforço ou do meu marido e sim por pura misericórdia de Deus que sempre nos guiou e protegeu.

Minha mãe sempre me dizia: ” O casamento é o marido, mulher e DEUS ao meio”, pois é nele que devemos nos apoiar sempre.

São experiências deliciosas de serem vividas e partilhadas. Agora vem a questão…”Casei, como será de agora em diante?” Para muitos este assunto gera muitas polêmicas. Principalmente entre os que acham impossível a convivência de dois seres diferentes, morando na mesma casa e dividindo a mesma cama.

Mas como sempre digo, para Deus nada é impossível. Logo quando chegamos da lua de mel, sentimos aquela sensação estranha, tipo…e agora?. Para a mulher então nem se fala. Dias melhores virão… chão para limpar, roupa para lavar e passar, comida para fazer… e várias outras atividades que são realizadas na maioria das vezes por nós mulheres.

De inicio já bate aquela vontade de gritar… Mãnhêeeeee cadê você?? Mas agora é só você e seu maridinho para dar conta do recado. Para quem trabalha fora o dia inteiro a situação fica só um pouco mais crítica. Mas então? cadê aquela ansiedade de casar e de ter por perto o maridinho que tanto ama? As brigas começam, as contas chegam e o dinheiro falta… afff e agora?

Deixei todos assustados não é mesmo? Então relaxem pois o segredo está logo no início deste post. Levo sempre comigo o versículo de Coríntios. De que valem os problemas diante de um lindo amor que está brotando em seu peito? de que vale tantos sussurros de eu te amo ao pé do ouvido?

O verdadeiro amor surge no casamento, onde duas pessoas decidem viver pelo resto de suas vidas juntos, na alegria e na dor, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza. E são exatamente estas as palavras que repetimos no altar diante de Deus.

As dificuldades enfrentadas não são nada em comparação ao amor que carregamos no coração, ao amor que nos move, ao amor que nos transforma em pessoas renovadas a cada dia. O amor é Deus, se temos um consequentemente temos o outro.

Namorar é sim muito bom, agora casar… ahh casar é melhor ainda. São noites de amor verdadeiro, de conversas, de troca de experiências, de carinho, compreensão, piadas em plena madrugada, rs, essa é para o meu marido, ele me apronta cada uma.

É claro que temos afazeres e responsabilidades no matrimônio, mas tudo isso se torna pequeno dentro do universo que é o casamento. É nesse momento que conhecemos melhor a pessoa que está do nosso lado. E tudo isso é providência de Deus.

Agora não podemos esquecer que a vida a dois sem DEUS é impossível, pois sem Ele nos tornamos pessoas, ciumentas, não sabemos esperar, não confiamos, não suportamos nada. Deus nos dá as ferramentas necessárias para vivermos em comunhão e para lutarmos contra o mundo que cada dia que passa prega que tudo é natural, abortar é natural, casamento gay é natural.

Deus nos fez a sua imagem e semelhança para que assim possamos amar o próximo como Deus nos amou. Então não tenham medo de se amarem, não tenham medo de se casarem.

O amor é uma grande dádiva dada a todos nós e não há dinheiro nenhum que pague os momentos vividos por duas pessoas unidos por Deus por toda uma eternidade.

 

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.”

 

Parabéns a todas as noivinhas e a todos os casados, Deus nunca irá nos abandonar! Creia e se entregue!

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Gabriel Ramaldes
    jul 13, 2011 @ 21:38:31

    E cunhadinha cada dia mais inspirada… realmente casamento soh pode ser a tres msm, sim a tres assim forma o tripe que sem uma perna concerteza vai cair, marido, mulher e Deus…

    Responder

  2. Maria Lúcia
    jul 14, 2011 @ 17:17:02

    Muitooo linda sua mensagemm..que Deus conserve sempre este coração doce e cheio do Espírito Santo..
    A paz de Deus e o amor de Maria..

    Mais uma vez…PARABÉNS…

    =D~~

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: